Pin It

Com o voto favorável do deputado Beto Salame (PP/PA), o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, esta semana, o Projeto que reajusta valores pagos pela Caixa Econômica Federal (CEF) aos permissionários lotéricos pelo recebimento de boletos, faturas de concessionárias de serviço público e outros convênios.

Beto Salame destacou, em redes sociais direto do plenário, que o Projeto dos Lotéricos permite que a Caixa Econômica Federal remunere, em melhores condições, as casas lotéricas de todo o Brasil. Segundo o parlamentar, as casas que comercializam todas as loterias federais estão enfrentando muitas dificuldades. “Grande parte da população depende dos serviços oferecidos pelas lotéricas. É preciso mudar o sistema para que o mesmo se torne mais prático e seguro”, afirmou.

Com o apoio do deputado, a aprovação do Projeto possibilitará um expressivo aumento na arrecadação de boletos e seguridade no transporte de valores, o que acarretará mais emprego, geração de renda e avanço no serviço oferecido a sociedade, principalmente nos municípios paraenses mais distantes e que dependem dos serviços prestados pelos lotéricos.

De acordo com o substitutivo do deputado Júlio Cesar (PSD-PI) para o Projeto de Lei 7306/17, os lotéricos receberão 0,8% sobre o valor de face de boletos e faturas, sendo o mínimo de R$ 1,06 por boleto e o máximo de R$ 3,14.

Os autores do projeto são os deputados Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e Goulart (PSD-SP).

Fotos: Nilson Bastian (divulgação Câmara Federal)

 

Pin It